Sindicalize-se Fale Conosco Webmail
 
 
     
 

.
   
Mobilização
Reação dos brasileiros pelos direitos sociais e respeito às instituições democráticas
sem imagem

A pressão dos movimentos organizados dos trabalhadores em todo o País impediu que fossem «juntados» 308 golpistas no final deste ano para sepultar a aposentadoria dos trabalhadores com o desmanche da Previdência Social pretendida pelo governo. Nova data para votação está sendo aventada para 19 de fevereiro e até lá o País deve ser incendiado com os debates na sociedade para impedir este crime sobre as famílias de todos os brasileiros.

O sindicalismo e os movimentos organizados começam um novo ciclo na história de lutas pelos direitos trabalhistas e sociais. O golpe da Ditadura Temer para desmanchar os instrumentos de sustentabilidade dos sindicatos aconteceu no mesmo instante em que rasgava a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), depois de “liberar geral” a terceirização, atingindo áreas fins das atividades em cada empresa, além de fazer abertamente uma compra de votos da base parlamentar no Congresso Nacional para esquartejar a Previdência Social e impedir a aposentadoria dos trabalhadores.

O golpismo acontece em vários flancos da vida nacional. Em primeiro lugar, desmancha os instrumentos de resistência, como os sindicatos. Ao mesmo tempo caminha com passos de Golias para destruir candidatura de esquerda, afinada em compromissos e direitos sociais, usando para isto juízes e ministros supremos para cassá-la da eleição no próximo ano. Para atingir os objetivos golpistas das elites, que se resfestelaram no poder desde a ditadura militar, passando por todos os governos ditos “democráticos”, pendurados em ministérios e cargos públicos de alto escalão, usa-se o meio clássico da imprensa golpista, que precisa de verbas publicitárias e vende a própria alma para sobreviver.

O resultado disto tudo é uma campanha sórdida contra as lideranças de movimentos organizados da sociedade. Mas não era suficiente tomar o poder para a elite e a classe patronal. O golpe precisava ir além de roubar a presidência da República. Era preciso desmanchar as iniciativas de mobilização dos brasileiros na defesa dos seus direitos sociais, principalmente os sindicatos de trabalhadores, responsáveis por movimentos nacionais, como a “invasão de Brasília”, reprimida pelos golpistas com bombas de gás lacrimogêneo e de efeito moral, tiros com balas de borracha e projéteis letais, com o apoio de redes de TVs e jornalões comprometidos com o desmanche dos avanços alcançados pela sociedade desde a “Constituição Cidadã” de 1988.

Os golpes continuam sobre os direitos trabalhistas, ameaçam juízes, se julgarem contrário ao governo golpista, e preparam o maior crime contra o País para acabar com o direito à Previdência Social, estabelecendo condições que nunca serão atingidas pelos trabalhadores, que morrerão antes de se aposentarem.

RESISTÊNCIA

Os movimentos sociais e os sindicatos precisam se reinventar na forma de agir e de revitalizar sua representação. Os trabalhadores precisam se convencer de que os patrões querem eliminar os movimentos reivindicatórios e sufocar todas as lutas. Para isto, investem para quebrar a unidade dos trabalhadores, afastá-los dos sindicatos, isolá-los, para se sentirem sozinhos e fracos para cobrar direitos.

Caminharemos em 2018 numa luta ferrenha para reconquistar um regime democrático no País. Varrer os corruptos da Câmara dos Deputados e do Senado e exorcizar o vampiro que assassina as leis constitucionais e celetistas. Estamos convictos de que a sociedade brasileira saberá reconhecer o tremendo mal que os golpistas trazem à nossa Nação e de que saberemos dar a resposta nas urnas para banir todos os que traem o compromisso para uma sociedade mais justa.

          

[+] Veja mais noticias              Voltar para página inicial

 

Link's:

Acesso restrito aos diretores do Sindágua MG


Ficha de Filiação


Para acessar a calculadora,
clique aqu
i



Rodape Sindagua


Sindicato dos Trabalhadores nas
Indústrias de Purificação e Distribuição
de Água e em Serviços de Esgotos
do Estado de Minas Gerais

Rua Congonhas, 518 - Santo Antônio
Belo Horizonte - MG CEP 30330-100

(31) 3297-7227 Fax 3297-7224
sindagua@sindagua.com.br


Galeria de Fotos


Galeria de Videos

Mapa do Site

Principal
Acordos Coletivos
Boletins
Cartilhas
Colônias de Férias
Deapes
Diretoria Executiva
Conselho Fiscal
Diretoria de Base

Estatuto
Fale Conosco

Histórico

 

Jurídico
Jornais

Noticias
Outros convênios
Publicação
Saúde e Segurança
Seguro de Vida
Serviços Cartórios
Seguro de Carro
Última publicação
Web-Mail
Sindicalize-se